O nosso actual sistema não é capaz de prover a todos um alto padrão de vida e não pode garantir a protecção do ambiente porque o maior motivo é o lucro. O comércio não é inteiramente o culpado; ele é forçado a operar dessa maneira para manter a competitividade em seu pico. Como resultado, poucas pessoas são capazes de comprar produtos ou serviços, mesmo que a nossa capacidade para produzir em abundância exista. Isso é bem documentado no livro de Jeremy Rifkin, “The End of Work: The Decline of the Global Labor Force and the Dawn of the Post-market Era” (Putnam, 1995). O Projecto Vénus oferece uma nova aproximação que reverte os aspectos negativos existentes em nossas actuais aplicações de automação e inteligência artificial. Esse projecto elimina as desastrosas consequências que tais métodos possuem em nossa sociedade como o deslocamento de milhões de trabalhadores, sendo eles qualificados ou não.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Set your Twitter account name in your settings to use the TwitterBar Section.